Connect with us

Podcasts

Por que a música de 1971 tem tanta magia?

Published

on

Por que a música de 1971 tem tanta magia?

Se você for começar a escutar os clássicos lançados no ano de 1971 agora, se prepara para passar vários dias na função. Você não vai terminar nem hoje, nem amanhã, nem depois, e se for incluir os discos que não chegaram às paradas, talvez só termine no fim do ano – quando já vai estar na hora de começar a recordar os clássicos de 1972. Enfim, 1971 foi um ano que brilhou muito no rock, no soul, no pop, no folk, na MPB e em vários estilos. E foi um ano em que a música precisava mostrar que estava, mais do que tudo, muito viva.

Por que a música de 1971 tem tanta magia?

E 1971 é o tema do primeiro episódio do nosso podcast POP FANTASMA DOCUMENTO. Convidamos o produtor e músico Nilo Romero, que apresenta um programa de rádio sobre os discos lançados naquele ano, para ajudar a gente a responder a pergunta que você leu aí em cima: por que é que a música lançada naquele ano (que foi só o ano em que o Led Zeppelin lançou Stairway to heaven) tem tanta magia, atrai tanta gente e continua sendo tão discutida?

O POP FANTASMA DOCUMENTO vai ao ar (ou melhor, para a web) toda sexta-feira. A não ser que falte luz em Niterói, você encontra a edição logo pela manhã ao acordar. Roteiro, apresentação, edição, produção: Ricardo Schott. Ouça a gente no Spotify, Deezer (vive atrasando), MixCloud e Castbox.

>>> E não esqueça de ouvir a Mixtape Pop Fantasma.

Advertisement
>>> Saiba como apoiar o POP FANTASMA aqui. O site é independente e financiado pelos leitores, e dá acesso gratuito a todos os textos e podcasts. Você define a quantia, mas sugerimos R$ 10 por mês.

Cultura Pop

No podcast do POP FANTASMA, Nevermind + Badmotorfinger + Screaming Trees + Tina Bell

Published

on

No podcast do POP FANTASMA, Nevermind + Badmotorfinger + Screaming Trees + Tina Bell

Há algumas semanas,  falamos de grunge no nosso podcast POP FANTASMA DOCUMENTO e agora estamos de volta com mais grunge, por uma excelente causa: nesta sexta (24) é data comemorativa do estilo musical. São 30 anos de Nevermind, do Nirvana. Então fizemos um episódio especial nesta semana para contar algumas histórias da gênese do disco. E também adiantamos o aniversário de Badmotorfinger, do Soundgarden, que faz 30 anos em outubro – embora muita gente também o considere um disco de 24 de setembro.

Mas dessa vez não ficamos falando com as paredes: convidamos a amiga Leilah Accioly, que faz o podcast Taradas Por Letras ao lado da Letrux, para falar um pouco sobre o clipe de Smells like teen spirit, sobre as letras do Kurt Cobain e sobre como foi ver esse tal de grunge surgindo nos anos 1990.

E tem mais dois assuntos bônus, que por sinal vieram de pedidos de leitores-ouvintes: lembramos que tem um disco dos Screaming Trees que também tá fazendo 30 anos, o Uncle anesthesia, e falamos do pioneirismo da cantora Tina Bell, de Seattle, e de sua banda Bam Bam, no grunge. Essa é a maior edição do nosso podcast (quase uma hora!), mas enfim: tem assunto pra caramba e é edição comemorativa, já que são dez edições. E pensar que achamos que não passaríamos da quinta edição… (brincadeira).

O Pop Fantasma Documento é o podcast semanal do site Pop Fantasma. Episódios novos todas as sextas-feiras. Roteiro, apresentação, edição, produção: Ricardo Schott. Músicas do BG tiradas do disco Jurassic rock, de Leandro Souto Maior. Estamos no SpotifyDeezerCastbox Mixcloud: escute, siga e compartilhe!

Advertisement

Apoia a gente aí: catarse.me/popfantasma

Continue Reading

Cultura Pop

No podcast do POP FANTASMA, Stranglers!

Published

on

Nada pode parar os Stranglers e impedir uma das maiores bandas da história do rock britânico de fazer bonito – e tem disco novo deles rolando nas plataformas, Dark matters. Recentemente, a covid levou o tecladista do grupo, Dave Greenfield, um desses músicos que estavam sempre algumas jogadas à frente no tabuleiro. O Stranglers, que vinha ficando acostumado a mudanças na formação desde a saída do vocalista Hugh Cornwell, em 1990, hoje é um trio comandado pelo baixista e vocalista Jean Jacques Burnel, o único a permanecer na banda desde o comecinho.

Na nona edição do Pop Fantasma Documento, nosso podcast, lembramos a carreira dos Stranglers, um pouco das histórias de discos clássicos como No more heroes (1977), Black and white (1978) e La folie (1981) e falamos um pouco das novidades da banda. Ah, cansamos um pouco de falar para as paredes e dessa vez tem convidado: o músico, produtor e jornalista André Mansur ajuda a falar da história da banda e do impacto dos Stranglers no rock brasileiro (sim, teve!).

O Pop Fantasma Documento é o podcast semanal do site Pop Fantasma. Episódios novos todas as sextas-feiras. Roteiro, apresentação, edição, produção: Ricardo Schott. Músicas do BG tiradas do disco Jurassic rock, de Leandro Souto Maior. Estamos no SpotifyDeezerCastbox Mixcloud: escute, siga e compartilhe!

Apoia a gente aí: catarse.me/popfantasma

Advertisement

Mais Stranglers no POP FANTASMA aqui.

Continue Reading

Cultura Pop

Ei, eu quero cantar!

Published

on

A oitava edição (já?) do nosso podcast Pop Fantasma Documento mostra que a regra do jogo voltou a ser como era antes. Afinal, a ex-BBB Juliette, além de investir em redes sociais, também entrou no mundo do disco, com um EP que logo que saiu fez muito sucesso (mas que, dizem as más línguas, está em queda nas plataformas digitais).

A advogada, cuja vida também rendeu um documentário na Globoplay, junta-se a um time enorme de personalidades dos esportes, do teatro, da televisão, do rádio, que aproveitaram a fama para migrar para a música. Você pode até nem se lembrar disso, mas o craque Serginho Chulapa já gravou um disco. O mímico Marcel Marceau gravou um LP bem bizarro nos anos 1970. E o que você diria se soubesse que, há uns 30, 40, 50 anos, alguém que fosse bastante famoso e quisesse gravar um disco, nem precisava cantar? Era só gravar um LP ou um single declamando textos (como Francisco Cuoco fez) e o disco de ouro estava garantido para sempre. Falamos disso tudo aí e mais um pouco.

O Pop Fantasma Documento é o podcast semanal do site Pop Fantasma. Episódios novos todas as sextas-feiras. Roteiro, apresentação, edição, produção: Ricardo Schott. Estamos no SpotifyDeezerCastbox Mixcloud: escute, siga e compartilhe!

(agradecimentos a Christian Caselli pela sugestão do single da Brigitte Bardot)

Advertisement
>>> E não esqueça de ouvir a Mixtape Pop Fantasma.

Continue Reading
Advertisement

Trending