O relacionamento de Nico com ninguém menos que Iggy Pop andava tão forte lá por 1969 – ano em que Iggy lançava com os Stooges o primeiro disco da banda, The Stooges – que ela exigiu, para seu único clipe do disco The marble index (1968), que o promo fosse filmado na terra de Iggy (Ann Arbor, Michigan). E que ele e os Stooges aparecessem no filme. Se você nunca viu, pega aí Evening of light, pecinha de terror musical dirigida pelo colecionador de arte François de Menil para a música.

A ideia original de De Menil era fazer um curta com Nico, que acabou se tornando esse clipe, feito em 16 mm. As filmagens ocorreram no famoso milharal nos fundos da Fun House, quartel general do grupo. A Elektra, gravadora tanto de Nico quanto dos Stooges, achou o clipe uma ideia de jerico, não o financiou e rejeitou todas as ideias que Menil teve para essa turma.

Evening Of Light: Nico e Iggy Pop num clipe de terror
O clipe termina até com uma propagandinha do disco da Nico

Evening of light deu tão certo quanto a pegação de Nico com Iggy – esta durou duas semanas, embora tenha deixado marcas suficientes no cantor dos Stooges e em seus colegas. Nico cozinhava (mal) para os rapazes, deixou Iggy interessado em vinhos e história mundial, e impressionou todo mundo da banda por saber falar vários idiomas e já ter viajado para montes de lugares. Na época, a Elektra já tinha chamado John Cale (ex-Velvet) para produzir os Stooges e a gravadora apostava bastante no grupo.

Via Reprobate Magazine