C-3PO: Sabe. R2, às vezes acho que seu sucesso subiu aos seus transistores. Você não é o mesmo desde que protagonizou o filme.
R2-D2: (barulhos)
C-3PO: Pelo menos eu respondo as cartas dos fãs, coisa que você não faz!
R2-D2: (barulhos)

Veja o primeiro documentário sobre "Star wars", feito em 1977

O primeiro filme de Star wars (que em 1981 ganhou o nome de Star Wars – Episódio 4: Uma nova esperança) fez muito barulho quando foi lançado em 25 de maio de 1977. Todo mundo queria saber detalhes de como aquela história foi produzida, se realmente haveria uma sequência, o que aconteceria com a Princesa Leia (Carrie Fisher) – e todo mundo se divertia com os robôs R2-D2 e C-3PO. Para responder essas e outras perguntas rapidamente, a Lucasfilm e a 20th Century Fox Television produziram rapidamente o documentário The making of Star Wars, exibido em 16 de setembro de 1977 pela ABC. E que alguém jogou no YouTube – com legendas automáticas em espanhol.

O filme tem caráter histórico imensuável por ter sido o primeiro documentário produzido sobre Star wars. E é apresentado justamente pela dupla de robôs do filme, responsável pelo diálogo “de brincadeira” reproduzido lá em cima. Tem entrevistas com os atores principais, com um seríssimo George Lucas (então com 33 anos), cenas de pura fofice entre Harrison Ford e a saudosa Carrie Fisher (que, hoje se sabe, tiveram um namorico) e mostra como a técnica do chroma-key, largamente utilizada na época, foi importante para o filme – as maquetes da nave espacial eram filmadas em meio a fundos azuis. Harrison Ford, com quem George Lucas havia trabalhado em American graffiti, diz ver semelhanças entre seu Han Solo e o fanfarrão Bob Falfa, que interpretara no outro filme. E no final todo mundo faz suas apostas para uma nova sequência.

Vale dizer que mesmo esse doc não escapou da mania que George Lucas tem de regravar, mudar tudo e fazer versões “do diretor”. O vídeo que você vê acima foi narrado por William Conrad. Quando o documentário surgIu em VHS, Conrad tinha dançado e a voz ouvida era a de Don LaFontaine.

Via Night Flight

DEIXE UMA RESPOSTA