O POP FANTASMA relembra diariamente alguns discos que estão fazendo aniversário. Os textos serão escritos e postados com total desrespeito ao velho apetite do jornalismo por datas redondas, clássicos indiscutíveis (opa, alguns dos que vamos colocar são clássicos sim) e efemérides de meter medo. Veja (e ouça também!) discos que sopram velinhas em 21 de março.

No dia 21 de março de 1977 saía “Let there be rock”, classicão do AC/DC.

E no mesmo dia, passava em brancas nuvens o lançamento do autoirônico “Whatever happened to Slade”, do Slade.

“The final cut”, bem produzido exercício de egolatria de Roger Waters, executado pelo Pink Floyd, saiu em 21 de março de 1983.

Classicão: “Surfer Rosa”, estreia full lenght dos Pixies, saiu em 21 de março de 1989.

Outro clássico: “Like a prayer”, de Madonna, saiu no mesmo dia dos Pixies.

E teve “Instant replay”, do Pizzicato Five, que saiu em 21 de março de 1993 – e muita gente lembra do clipe de “Twiggy Twiggy”, que tocava direto na MTV.

“Talk”, primeiro disco do Yes em quatro anos, saiu em 21 de março de 1994 – e é bem legal.

E o terceiro disco do grupo pesadão Monster Magnet, “Dopes to infinity”, saiu em 21 de março de 1995. Parabéns aos discos e aos fãs.