Por algum motivo, alguém do setor de produtos especiais da Warner, nos anos 1990, achou que seria uma excelente ideia recordar a música da década anterior com uma caixa de CDs chamada Punk. Para completar o circo, arrumaram um casal de garotos-propaganda nada a ver com o estilo, puseram neles perucas MUITO bizarras – a menina até que ficou convincente, o rapaz lembra um peido de Joey Ramone – e… separaram para os CDs uma seleção musical que pouco tem a ver com o punk. Olha aí.

Pra não dizer que não tem NADA de punk aí, tem The Tubes, Devo e The Cars, que até que fazem boa figura ao lado da turma de cabelos espetados. Só que tem também Crowded House com Don’t dream it’s over, Erasure com Chains of love, Tony Basil com Mickey, Huey Lewis & The News com I want a new drug e vai por aí.

Sugestão do amigo Leonardo José.