Já foi insultado (a) por alguém e teve vontade de chamar o ser humano para uma luta de espadas? Bom, até o mesmo ano em que os Beatles lançavam o clássico Sgt Pepper’s Lonely Hearts Club Band, essa era uma prática permitida na França. Tanto que naquele ano aconteceu o último duelo de espadas conhecido no país. E ainda por cima ele foi filmado.

Se isso acontecesse hoje em dia, ia ter sangue de político lavando o chão de muitas cidades, mas pelo menos as contendas seriam resolvidas com maior classe. Em 20 de abril de 1967, o deputado socialista Gaston Defferre, prefeito de Marselha, chamou o deputado René Ribiere, ligado ao presidente Charles De Gaulle, de “estúpido”. Ribiere ficou puto nas calças, exigiu desculpas e Deferre se recusou. Pra quê? Ribiere disse que essa história teria que ser resolvida na base da arma. No dia seguinte, um batalhão de jornalistas dirigiu-se a uma residência em Neuilly-sur-Seine para cobrir a luta de espadas entre os dois.

Os contendores são acompanhados de perto pelo árbitro da luta, o médico da Assembleia Nacional e deputado gaulista Jean de Lipkowski. Se você está imaginando dois espadachins de araque trocando golpes até a morte, pode esquecer: o combinado era que a luta parasse logo que aparecesse o primeiro sanguinho. Que foi justamente o do insultado, René Ribiere. Gaston Deferre venceu a disputa, recusou-se a apertar a mão do perdedor e ainda reiterou que Ribiere era um estúpido mesmo.

Via Messy Nessy Chic