Musicistas mulheres em bandas de rock progressivo não eram exatamente comuns nos anos 1970, muito embora tivesse Annie Haslam no Renaissance e Maddy Prior no Steeleye Spam, ambas nos vocais. Em compensação existiu uma banda só de garotas, o Mother Superior, formada em Londres em 1974, e que tinha Audrey Swinburne (guitarra solo, vocais), Jackie Badger (baixo, vocais), Jackie Crew (bateria, vocais) e Lesley Sly (teclados, vocais). O som era meio progressivo, meio jazz rock.E o repertório era autoral, mas com algumas covers: “Love the one you’re with”, de Stephen Stills, e “Lady Madonna”, dos Beatles – essa última acabou dando nome ao disco do grupo, que saiu em 1975.

O álbum das meninas surgiu após algumas horas de gravação no IBC Studios, em Londres, e chegou a ser enviado para várias gravadoras, mas acabou só conseguindo lançamento na Escandinávia, por uma gravadora chamada SMA (e com prensagem pequena). Não foi um golpe de sorte, porque o disco chegou a uma audiência pequena, mas anos depois ele chegou a ser lançado até em CD. Olha aí.


Mother Superior: rock progressivo feminino nos anos 1970