Notícia ruim: o Pity Sex acabou. Vindo do Michigan, o grupo de Britty Drake, Brennan Greaves (ambos voz e guitarra), Brandan Pierce (baixo), Anthony Huebel (guitarra) e Sean StCharles (bateria) entrou em hiato por tempo indeterminado no ano passado. As notícias boas são que eles deixaram um excelente segundo disco, “White hot moon”, lançado em abril de 2016 pelo selo Run For Cover – e esse álbum ganhou até lançamento aqui no Brasil, pelo selo paulistano Hearts Bleed Blue. Incluídos na gavetinha “emo” em vários verbetes por aí, mostram no disco um som bastante herdado do pós-punk e do shoegaze. Conheça aí o (excelente) single “Pin a star”.