Quando Tim Maia ensinou Erasmo Carlos a tocar violão (a história é contada por Nelson Motta na biografia de Tim “Vale tudo”), limitou-se a mostrar a seu pupilo poucos acordes – o suficiente para o novato Erasmo fazer suas primeiras músicas. O resto, o futuro Tremendão aprendeu fuçando. Agora imagina o que é possível fazer a partir do momento em que um experiente Paul McCartney resolve dar noções de baixo e violão para algum músico iniciante.

Se você acha que isso é tudo que falta para você começar a levar a música a sério, não falta mais. Há dez anos, Paul produziu vídeos ensinando a tocar as partes de baixo e violão de “Ever present past”, música de seu (excelente) disco “Memory almost full” (2007). A canção é uma das faixas do álbum em que ele toca todos os instrumentos. Os vídeos mostram todas as posições da mão do ex-beatle, em destaque. Na hora de ensinar o baixo, Paul avisa que é tudo “muito simples” e usa seu legendário modelo Hofner em formato de violino para dar as lições.

Os vídeos, que serviram de material promocional para o disco, fizeram parte de um projeto chamado Now Play It, que ensinava músicos a tocarem suas canções preferidas – tendo muitas vezes estrelonas do universo pop-rock como professores. O site do projeto tá hoje fora do ar, mas dá para encontrar alguns vídeos (ou parte deles) no YouTube. Olha aí KT Tunstall ensinando a tocar “Black Horse and the Cherry Tree”, em duas partes.

Tutorial completo trazendo o ex-Blur Graham Coxon ensinando a tocar “Freakin’ out”.

Via Open Culture.