Pioneira guitarrista de uma pioneira banda punk, The Slits, Viv Albertine continua dando sequência à sua carreira de escritora e lança no começo de 2018 mais um livro de memórias: To throw away unopened, pela Faber & Faber Social.

Antes, em 2014, ele já tinha explorado suas histórias de guitarrista de rock no livro Clothes, clothes, clothes. Music, music, music. Boys, boys, boys. Agora, as histórias são sobre seu relacionamento com sua mãe e a “intrincada dinâmica de poder entre as mulheres ao longo das gerações”. Ela também lançou um disco solo em 2012, The vermilion border.

Se você nunca ouviu Slits, trata-se de uma banda punk britânica liderada pela vocalista Ari Up, morta em 2010 – que era enteada de ninguém menos que Johnny Rotten, dos Sex Pistols. O grupo surgiu em 1976, pouco antes da onda punk, e chegou a fazer uma turnê com o Clash. Mas só soltou o primeiro disco em 1979, Cut. Antes das Slits, Viv chegou a tocar numa banda com Sid Vicious, Flowers Of Romance.