Whack world, disco de estreia da cantora/rapper norte-americana Tierra Whack, dura apenas 15 minutos e tem quinze músicas. Cada faixa tem um minutinho e cada uma delas ganhou um vídeo especial para Instagram. Olha aí o de Black nails.

View this post on Instagram

Black Nails

A post shared by Tierra Whack (@tierrawhack) on

O de Bugs life.

View this post on Instagram

Bugs Life

A post shared by Tierra Whack (@tierrawhack) on

Hungry hippo.

View this post on Instagram

Hungry Hippo

A post shared by Tierra Whack (@tierrawhack) on

Fruit salad.

View this post on Instagram

Fruit Salad

A post shared by Tierra Whack (@tierrawhack) on

O disco inteiro, com todos os clipes, ganhou um curta-metragem realizado pelos diretores Thibaut Duverneix e Mathieu Léger (Elton John, Broken Social Scene).

Quem fez uma resenha muito boa de Whack world foi o site Miojo Indie. Lá, eles chamam a atenção para o tal curta-metragem, e para versos tão particulares quanto provocativos, quanto os de Fuck off (“Espero que sua bunda exploda em uma erupção / Você lembra meu pai caloteiro”).

Tierra tem 22 anos, lançou o disco em maio e num papo com a The Fader, seu estilo tranquilão foi o que mais chamou a atenção do repórter (“ela não fuma, não bebe, não tem tatuagens…”, escreveu). Juntou-se a um grupo de dança aos 15 anos e começou a fazer rap, criou uma personagem, Dizzle Dizz, que teve repercussão na internet, e na hora de fazer o disco, já sabia que queria uma contrapartida visual para o trabalho. E ela diz que prefere não seguir padrões. “Eu vivo no Whack World”, brinca.