Caso você esteja acostumado a repetir por aí que os toca-discos da Crosley são ruins, vai aí uma novidade: de alguns anos para cá eles têm sido responsáveis pela renovação do Sound Burger.

Se você nunca ouviu falar disso, trata-se de um formato de toca-discos de vinil lançado no Japão nos anos 1980 que cabia na mala, junto das meias e das cuecas. A Crosley reativou o modelo a partir de seu toca-discos Crosley Revolution, uma vitrolinha mínima, que é bem menor que o próprio disco de vinil. Saiu por volta de 2010.

O Sound Burger – cujo formato lembrava mais aqueles sanduíches do Subway – saiu por uma empresa chamada Audio Technica, que soltou a vitrolinha com vários formatos. Tinha em formato de relógio, de crocodilo de brinquedo etc.

Sound Burger: aquele toca-discos que quase cabia no seu bolso
Lá por 1983, o Sound Burger foi lançado na Inglaterra. Pouco depois, saiu nos EUA, mas teve o nome mudado para Mr. Disc. O Techmoan, canal de antiguidades tecnológicas, fez um vídeo sobre o Sound Burger e o narrador acredita que essa mudança tenha mudado para evitar processos – vai que algum coitado resolver comer o toca-discos…

O Sound Burger, além da vitrolinha da Crosley, ainda teve outros clones. Tudo isso vale uma puta grana em lojas de usados e vendas online. E o som, diz o Techmoan, não é ruim, não. “Muita gente até deve ter desprezado o toca-discos porque achou que era brinquedo para crianças”.