Publicada entre 1988 e 1992 pela editora Azul – ramificação de “diversões” da editora Abril, que abarcava publicações como Contigo e Bizz – a revista Semanário costumava fazer propagandas em canais como SBT e Band. No número 3, uma das atrações eram as previsões para o resto de 1988 do Pai Celso de Oxalá.

Entre as previsões do pai de santo, estavam problemas no coração de Jô Soares, desarranjos na barriga de Xuxa (“e na pança de Xuxa, gravidez?”, diz a narração) e um possível sequestro de Gugu Liberato. E a eleição para presidente e prefeito de Silvio Santos. Que não rolou, como é público e notório.

Ele também previu a chegada de Ayrton Senna ao pódio como campeão do mundo da Fórmula 1 – que rolou naquele mesmo ano, no GP do Japão.

A revista também fala de uma tal “filha ilegítima de Roberto Carlos”, que na verdade é Ana Paula, filha do primeiro casamento da primeira mulher do Rei, Cleonice Rossi, que ele tinha adotado quando ela era criança. Ana morreu em 2011.

Já aqui, você confere o comercial de 1988 da revista Minha, que também anunciava na Band, e que trazia reportagens como “a Aids e o beijo, é preciso ter medo?” e “22 cartas de tarô para desvendar os mistérios do amor, saúde e dinheiro” (publicações e reportagens sobre esoterismo viraram uma baita febre nessa época).

E aproveite e divirta-se com outro comercial da Semanário, que anuncia: “Escândalo nos bastidores: Rosemary pode ser mesmo filha da Hebe. Descubra onde mãe e filha se parecem mais”.