Vamos ver se vocês adivinham: que série trata do cotidiano de quatro amigos nerds cientistas que moram próximos a uma linda loira, que ganha a vida como garçonete? Não, por mais familiar que pareça, não estamos falando da famosa série Big Bang Theory, verdadeira febre mundial. O assunto aqui é um dos casos mais grotescos de plágio que se tem notícia: a versão bielorrussa dessa mesma série, intitulada The theorists (Tеоретики no original).

Tudo é praticamente igual, desde a abertura, passando pelo comportamento e o figurino dos personagens. E, pasmem, chegando até mesmo aos roteiros. Os episódios são apenas uma adaptação das mesmas situações e piadas para o público bielorrusso! As únicas diferenças perceptíveis são os nomes dos personagens: Leonard aqui se chama Seva, Penny foi rebatizada como Natasha e por aí vai. E também o fato de não haver um imigrante indiano no núcleo dos protagonistas.

Claro que não demoraria muito tempo para que o idealizador da série original, Chuck Lorre, tomasse conhecimento do seu parente genérico. Porém quando ele resolveu tomar uma providência, teve uma desagradável surpresa: The theorists era exibido no canal estatal de lá. E, portanto, o governo daquele país era detentor dos direitos autorais!

Impossibilitado de processá-los, ele resolveu espinafrar os bielorrussos de modo sutil. E como?

Bom, se você já assistiu alguma série produzida ou criada por Chuck, como Two and a Half men e a própria Big Bang theory, já deve ter percebido que no fim de cada episódio ele coloca mensagens quase indecifráveis, dada a velocidade que aparecem. Revoltado, ele usou desse canal para desabafar e dar diversas alfinetadas sobre como por exemplo admirava a Bielorrússia “por sua carne e seus plágios de qualidade”. Uma dessas mensagens pode ser lida na íntegra aqui.

Pois bem, sabe-se lá como, a sutil demonstração de descontentamento surtiu resultado. A notícia chegou até o elenco da série. A turma acreditava até então que a emissora tinha autorização para fazer tais alterações – como aconteceu por exemplo com Um amor de família, que também teve uma versão russa, só que dentro dos trâmites legais. Como todo o elenco almejava um dia fazer carreira em Hollywood, ficaram todos apavorados: atuar numa canoa furada daquelas poderia acabar com qualquer possibilidade de um dia virem a realizar seus sonhos.

O primeiro a cair fora foi Dmitriy Tankovich, ator que interpretava Leo, dizendo que estava envergonhado pela atitude da emissora e que isso havia sido o ponto mais baixo de sua carreira. Foi rapidamente seguido pelos demais, levando The theorists a ser cancelada pouco tempo depois, após menos de 10 episódios terem ido ao ar.

Se você ficou curioso para conferir esse que certamente foi um dos maiores momentos da vergonha alheia na história da televisão mundial, segue abaixo esse link do YouTube, do episódio de estreia com legendas em inglês! Assista e tente conter o constrangimento:

LUCIANO CIRNE, autor deste texto, 41 anos, é jornalista, flamenguista, casado, tem 6 cachorros e aceita doações de CDs, DVDs, videogames e carrinhos!