Não paramos ainda para ver as listas de melhores de 2017 – já saíram várias. Mas seria legal o disco de estreia do Sheer Mag, quinteto da Filadélfia, estar em algumas deles. Após alguns EPs e singles, o grupo lançou Need to feel your love (Wilsuns). E revelou um som que vai do punk ao power pop em poucos minutos, em músicas cheias de riffs e ganchos como Just can’t get enough. É o som que você ouve aí embaixo, com direito a todo o carisma e força da voz da sensacional vocalista Tina Halladay, cujo vocal – sempre gritado – soa como se fosse gravado com um megafone.

Trinta e oito minutos da banda ao vivo, num show em setembro.

De Tina, Matt Palmer (guitarra, teclados), Kyle Seely (guitarra solo, voz), Hart Seely (baixo) e Cameron Wisch (bateria), pode-se dizer que criaram o próprio barulho. O grupo bancou as gravações dos primeiros EPs e só há pouco foram contratados por uma gravadora (pequena). O próprio grupo monta a barraquinha de merchandising depois do show e vai lá vender seus produtos.

Um outro detalhe interessante a respeito do Sheer Mag é que eles não estão nem aí para redes sociais. Sua única conta do Facebook é administrada por fãs. O Instagram da banda pega poeira. Twitter, nem pensar. O máximo de socialização que se permitem é colocar todo o seu material no Bandcamp, site de divulgação de bandas que funciona quase como rede social lá fora. O grupo só colocou seu material no Spotify neste ano.

O grupo veio do meio pós-hardcore – gênero difícil de delimitar, mas que inclui batidas quebradas, vocais berrados e guitarras sempre no último volume. E não deixa de lado comentários políticos e sociais nas letras. Até quando falam sobre um casal de vizinhos que perdeu tudo num incêndio, em Fan the flames. Em outra música, Expect the bayonet, o tema é a eleição de Donald Trump. Para os irmãos Hart e Kyle Seely, isso vem de casa. Hart, pai deles, é jornalista e escritor, e fez um livro de poesias que zoa impiedosamente o presidente norte-americano, Bard of the deal: The poetry of Donald Trump.

E tá aí o disco novo deles.

E recomendamos muito a audição de outro disco deles lançado esse ano: um álbum que une todos os EPs já lançados.