Hortelino Troca-Letras vira traficante e precisa passar adiante uma quantidade de drogas, além de ser achacado pela máfia de Nova York. Pernalonga passa o dia fumando maconha. Um dia, recebe do amigo Hortelino uma oferta de compra de Quaaludes (droga-assinatura dos anos 1970, popular entre glam rockers). Mas diz a ele que quer mesmo é cocaína. Já Patolino, doidão mas duro, vende tudo na loja de penhores de Eufrasino Comprabriga para poder comprar drogas.

Isso aí são só uns pequenos detalhes da animação Rabbit habit. O desenho foi feito em 1975 por um sujeito chamado Steve Peck. Em sua criação, Steve mostra o que todos os personagens da série Looney tunes estariam fazendo no Central Park, em Nova York, doze anos após a Warner encerrar o desenho.

“Mostrei meu desenho para Tex Avery (criador dos personagens) em 1975, quando ele tinha uns 80 anos. Ele adorou o desenho e até me disse: ‘Queria muito poder te dar emprego’. Mostrei também para Chuck Jones (animador da Warner). Ele era um cara bastante conservador e não gostou do que fiz com os personagens. Em festivais, o filme gerou muitas gargalhadas”, diz Steve Peck no link abaixo do YouTube, sobre o Pernalonga maconheiro que criou.