O cantor e guitarrista do Kiss, Paul Stanley, resolveu se dedicar à cozinha de uns tempos pra cá. No ano passado, chegou a ser o responsável pela cozinha do Kiss Kruise, cruzeiro marítimo da banda. E dizem por aí que por causa da mania do músico com couve-de-bruxelas, os fãs da banda até adotaram o prato, e começou uma onda de gente cozinhando a iguaria.

Aliás, Paul adora exibir suas habilidades na cozinha pelas redes.

Pena que nem todo mundo gosta do prato.

Aprenda a fazer couve-de-bruxelas com Paul Stanley
“Pô Paul, valeu mas isso é nojento”

Seja como for, Paul insiste BASTANTE em mostrar as virtudes da couve-de-bruxelas e até deu uma chegada no Home & Family, do canal Hallmark, para ensinar como se faz o prato, ao lado de um marinado de frango. Olha aí.

Essa é a receita.

“Antes de mais nada, preciso enfatizar – não faço medidas

– Pegue uma boa quantidade de couves-de-bruxelas e corte-as pela metade. Ponha no vapor para suavizar.
– Em seguida, pegue Prosciutto e corte em pedaços de meia polegada. Cozinhe em uma frigideira com azeite até ficar macio. Remova o Prosciutto para uso posterior.
– Pegue as couves-de-bruxelas vaporizadas e coloque na mesma frigideira.
– Use cerejas secas de qualquer supermercado, pegue um saco de cerejas secas. Eu uso cerejas secas Mariani. Coloque um bom punhado na panela e deixe cozinhando junto.
– Adicione Prosciutto.
– Em seguida, um vinagre balsâmico envelhecido de alta qualidade. Quanto mais grosso for, mais concentrado e mais doce.
– Adicione o suficiente à panela para revestir todos os ingredientes. Vá com muita sede ao pote.
– Em seguida, um copo ou mais de ralado Parmigiano-Reggiano e adicione.
– Salgar a gosto.
– Coloque uma grande tigela para servir e cubra com uma quantidade generosa de limão. Esqueça se você gosta ou não de couves de Bruxelas – nem aí pra isso. Para mim cozinhar é algo ligado a degustação e sensação. Se eu puder fazê-lo, você também pode”.

Aliás, olha aí o Paul dando uma de Ana Maria Braga ao vivo no cruzeiro do Kiss.