Bebe Buell

Não chame Bebe Buell de groupie – ela não gosta. A norte-americana é modelo desde 1971, foi coelhinha da Playboy em 1974 e, na juventude, tinha mesmo era o sonho de ser uma estrela do rock. Conseguiu: gravou discos após os anos 1980, já numa onda entre o punk, o glam rock e a new wave. O mais recente, de 2011, foi Hard love, que tem até versões para músicas da Gang Of Four (I love a man in uniform) e dos Vibrators (Baby, baby). Hoje, ela está tocando com uma banda chamada Bebe Buell & The Rebel Souls.

Bebe teve uma vida amorosa bem movimentada, também. Em 1972, casou-se com Todd Rundgren, mas – no auge da loucura dos anos 1970 – fidelidade não era muito o forte do casal, digamos assim. Pelo menos dois relacionamentos paralelos dessa época deixaram, er, marcas profundas em Bebe. Um deles, como é público e notório, foi com Steven Tyler, do Aerosmith. Bebe ficou grávida dele em 1976 e dessa escapadinha, nasceu Liv Tyler – que inicialmente foi criada achando que seu pai era Todd Rundgren, para que o bebê fosse mantido longe do estilo de vida malucão de Tyler, então drogadaço. O outro foi com Iggy Pop, que acabou hospedado na casa do casal durante uma viagem de Todd, sob a condição (imposta pelo dono da casa) de que ele não subisse ao terceiro andar, onde ficava seu estúdio. Dito e feito: um dia, ao voltar para casa, pegou Iggy relaxando na banheira do terceiro andar da casa, acompanhado pelos dois cães da modelo – para os quais ele tinha dado pequenas doses de Valium (o caso tá no livro Open up and bleed – A vida e a música de Iggy Pop, de Paul Trynka).

Mas o que interessa é que Bebe, amiga (e ex-namorada) de quase todo mundo que você puder imaginar no universo do rock, mantém um arquivo excelente de fotos dos anos 1970 e 1980 e posta tudo em seu Instagram oficial. Olha aí.

Parece Steven Tyler mas é Liv Tyler, quando criança, fotografada pela mãe. Foi mais ou menos nessa época que Liv descobriu que seu pai era o vocalista do Aerosmith.

Quando Sam Shepard morreu, Bebe o homenageou postando uma foto sua com a cantora Patti Smith, que foi sua namorada. “É uma foto deles em 1971, o ano em que me mudei de Nova York para Virginia. Patti foi uma das primeiras pessoas que conheci quando fui morar com Todd. Ela falava frequentemente de Sam, de como ela respeitava seu talento e de como o amava”.

Rolou também homenagem a Anita Pallenberg.

Depois que o casamento com Todd acabou, Bebe teve um namoro com outra figura bastante problemática do rock, Stiv Bators, dos Dead Boys. Olha ela aí lembrando do ex-namorado em fotos do Instagram.

De vez em quando rolam umas fotos dela nos anos 1970.

#throwback #bebebuell #closeup #1970s #flowernecklace

A post shared by Bebe Buell (@realbebebuell) on

#tbt Modeling in London 1978 with the Models One agency @jofonseca7 #bebebuell #londonengland #youngmodel

A post shared by Bebe Buell (@realbebebuell) on

#tbt 1974 #bebebuell Photo by Richard Fegley #richardfegley #playboymagazine

A post shared by Bebe Buell (@realbebebuell) on

#regram #repost from @aerocr Me at 26 … #bebebuell #originalrebelheart

A post shared by Bebe Buell (@realbebebuell) on

Bebe na Playboy em 1974, com o então marido Todd Rundgren na camisa.

Tem umas fotos do casal Bebe-Todd também.

#repost #regram Young #bebebuell and #toddrundgren I'm 18 here and Todd is 24… #justkids #nyc1972

A post shared by Bebe Buell (@realbebebuell) on

Vestindo a camisa da Mainman, empresa que cuidava da carreira de David Bowie, nos anos 1970.

#regram #repost from @thegoddessofgloom #allred #mainman #bebebuell Photo by Richard Creamer (RIP)

A post shared by Bebe Buell (@realbebebuell) on


Aparentemente, vai tudo bem entre Bebe e o ex-namorado Steven Tyler. Em 2016 eles apareceram juntos nessa foto lá em Nashville, onde ela mora. Os dois estavam assistindo a um show da Loving Mary Band.

Olha os dois aí de novo.

Com o amigo Joey Ramone.

It's been 16 years since you left and I've missed you so as has everyone who knew or loved you. Your fans and the masses who loved The Ramones 🎼all over the world 🌎 This pic has a story. It was the last one ever taken of me and Joey before his fall that kept him in the hospital until he passed. We were all at The Continental NYC- Joey lived right across the street on 9th St. and even though he wasn't feeling great that night, he wanted to go out and see some music. He asked Lindsey Anderson @kittykowalski to take this. He said "hey Lindsey, take a picture of me and Beeb for me." I never thought it would be the last time we would all be together in that kind of setting. I treasure it! Miss you, Joey… Happy Birthday! 🎂🙏❤️#bebebuell #joeyramone #nyc🗽 #dearfriends

A post shared by Bebe Buell (@realbebebuell) on

Bebe era também fã e amiga de Lou Reed e postou essa foto maravilhosa do roqueiro… fazendo tai-chi-chuan (!).