Se você em algum momento já se imaginou o cara errado na hora errada, imagina a turma do No Doubt. O grupo americano começou em 1986 e adentrou a década de 1990 fazendo ska-core com uma baita cara de banda de cartoon (epa, o ex-tecladista Eric Stefani depois virou desenhista da equipe dos Simpsons). Isso justamente numa época em que esse tipo de som não estava bombando tanto assim. E e a indústria estava totamente voltada para o grunge e para o reposicionamento do heavy metal no mercado – com a música eletrônica já devidamente virada na esquina. Precisaram esperar por algumas mudanças no mercado (e vá lá, por um repertório bem mais adequado) para estourar. E isso do meio para o fim dos anos 1990.

Em 1990, o grupo fez sua primeira apresentação na TV, tocando Up yours e Big city train – se o YouTube diz que é a primeira, então é verdade :p. A formação estava bastante mudada. A sapeca Gwen Stefani, que na época usava macacões no estilo o-defunto-era-maior, conquistava fãs no vocal. Com ela, os mesmos Tony Kanal (baixo), Tom Dumont (guitarra) e Adrian Young (bateria) de sempre. Todos ainda bem novos e sem saber direito onde enfiar as caras e as mãos. Olha aí.

Tinha (bem) mais gente na banda por aqueles tempos. O irmão de Gwen, Eric, estava nos teclados. Junto com eles, o trompetista Gabriel Gonzalez e o saxofonista Eric Carpenter, que sairiam da formação em breve. Essa turma mal cabia no palco do The Gig, programa que passava numa TV pública da Califórnia.

No papo, Kanal avisa que a banda tinha acabado de gravar uma demo com produção de Flea (Red Hot Chili Peppers) e ajuda de Angelo Moore (Fishbone) nos vocais – de fato, Flea estava ajudando a banda com algumas demos. Gwen conta que a banda estava gravando um CD e que estavam “tentando conseguir um contrato”.

A banda conseguiria assinar com a Interscope naquela época, porque a gravadora ficou impressionadíssima com eles. O tal disco que eles estavam gravando acabou sendo jogado no lixo e refeito, já que o selo preferia uma gravação mais profissional. No Doubt, o primeiro (e fracassado) disco da banda, saiu só em 1992. Não deu certo nem mesmo com a banda visitando rádios e Gwen levando donuts feitos por ela própria para jornalistas e radialistas. Mas o disco é bom, sabia? Ouve aí.