E o Microdisney, lembra? Quem lia Bizz e não saía das lojas de discos nos anos 1980, lembra que num dos primeiros pacotes lançados pela gravadora Stiletto (em parceria com a Eldorado) saiu um álbum deles, The clock comes down the stairs. Lançado em 1985 (e por volta de 1987 por aqui), ele já era o quarto disco dessa banda irlandesa. O hit que rolou em poucas rádios por aqui pelo Brasil foi esse, Birthday girl.

Teve também Horse overboard, que rolou em poucas rádios por aqui e deixou muita gente confusa, pensando: “Que música dos Smiths é essa que eu não conheço?” Por acaso, as duas bandas eram da mesma gravadora, a britânica Rough Trade.

O grupo iniciado por Cathal Coughlan (voz), Sean O’Hagan (guitarra), Jon Fell (baixo) e Tom Fenner (bateria) costuma ser tratado por muita gente como pé de página na história do rock dos anos 1980. Nada disso: o grupo tinha admiradores (muitos) e fez sucesso – especialmente com The clock, que bateu logo no primeiro lugar. E contava com o apoio de gente bacana como o DJ John Peel,  que gravou algumas Peel Sessions com eles (compiladas num EP em 1989).

The clock, por sinal, veio numa época em que o grupo estava num clima “ou vai ou racha” (falam disso nesse papo aqui, com o The Quietus). E a banda se deu tão bem, que acabou indo parar na grandalhona Virgin, depois disso. Lançaram dois álbuns por lá, considerados por muitos fãs como bem menos interessante que os anteriores.

Se você nunca ouviu, The clock comes down the stairs tá aí.

A banda permaneceu junta só até 1988. Coughan foi para outra banda histórica do rock alternativo irlandês, os Fatima Mansions. O’Hagan fundou o não menos clássico High Llamas, produziu o Stereolab e tocou banjo no segundo disco do The Gilbertos, banda-projeto solo de Thomas Pappon, do Fellini (Deite-se ao meu lado, de 2004).

A novidade é que o Microdisney voltou no fim do ano passado. E vai fazer o show do disco The clock comes down the stairs. Até o momento tem duas apresentações marcadas: no National Concert Hall, em Dublin, e no Barbican, em Londres – ambas em junho.