Hoje em dia, quando Mick Jagger resolve torcer para alguém, todo mundo fica ligado. Como o cantor dos Rolling Stones aparentemente não tem dado muita sorte aos países pelos quais costuma torcer na Copa do Mundo, surgem várias piadas a respeito de uma suposta maldição a qual o artista está ligado (“pé-frio”, enfim), e que enterra todas as chances de vitória das seleções que escolhe.

O que pouca gente lembra é que, aparentemente, Mick Jagger deu sorte para a Itália na Copa de 1982, jogada na Espanha. Em 11 de julho daquele ano, a terra da bota disputou a final da competição com a Alemanha. Se deu bem, foi de 3×1 e tornou-se tricampeã. Só que algumas horas antes do jogo (às 15h, enquanto a partida seria às 20h), os Rolling Stones faziam uma apresentação num estádio lotado em Turim, marcando a primeira passagem da banda pela Itália em 15 anos.

Vale citar que, lá por 1982, tanto os Rolling Stones quanto a Itália precisavam bastante um do outro. Após um período duradouro de crises internas, divórcios e excesso de drogas, a banda tinha voltado a ser importante com o disco Tattoo you (1981) e o hit Start me up. A Itália, e em particular, Turim, vinha ficando de fora das agendas de todos os grandes artistas. Durante um bom tempo, e pelos mais variados motivos, a juventude italiana virou sinônimo de distúrbio e confusão em lugares lotados. O show dos Stones, aliás, chegou a ser oferecido a outras cidades italianas, como Florença. A ideia foi descartada em várias delas.

Mick não decepcionou: animado pelo calor humano dos fãs italianos (a turba chegava a gritar “Itália” entre as músicas), disse em alto e bom som que o país ganharia da Alemanha por 3×1. Acertou, como depois ficaria público e notório. E no fim da apresentação, ao voltar com a banda para o palco (para cantar o hit Satisfaction), estava usando o uniforme do jogador Paolo Rossi, que tinha ganhado assim que chegou ao país.

Olha aí o momento em que Mick se fantasia de carrasco da seleção brasileira (Paolo Rossi, você deve saber, fodeu com o Brasil na Copa de 1982).

Saiu um bootleg triplo ao vivo com os shows dos Stones na Itália, Mundialito 1982. Já o áudio do show do dia 11 de julho, no Comunale de Turim, tá aí.

Infos de Rai (aqui e aqui), Lundiciti e Van do Halen.