Se você nunca pensou nisso, lá vai: pessoas cegas também usam drogas, inclusive alucinógenos como LSD. E devem ter sensações que vão além do visual. Devem ter, não: elas têm. Um estudo de caso publicado na revista Cognition and Consciousnesse reproduzido pelo site Boing Boing – fala de um músico de 70 anos, protegido pelo anonimado, que é cego de nascença e usou LSD. O tal cara usa o pseudônimo de “Blue Pentagon” e relatou que, na falta de imagens, parecia que toda música que ele ouvia estava imersa em uma cachoeira.

“Eu nunca tive nenhuma imagem visual vindo para mim. Eu não posso ver ou imaginar como a luz ou a escuridão podem parecer. Mas quando ouvi o Terceiro Concerto de Brandenburg, de Bach, veio o efeito cascata. Eu podia ouvir violinos tocando em minha alma e me vi tendo um monólogo de uma hora usando diferentes tons de voz … O LSD deu peso a tudo. Os sons vindos de músicas que eu normalmente ouvia, se tornaram tridimensionais, profundos, com delay”, disse ele.

Quem andou recentemente abordando o tema, e deixou claro que é possível ter muitas alucinações visuais, foi o youtuber deficiente visual Tommy Edison.