Tá até tarde pra falar, mas vamos lá: o baixista americano Stephen Bruner, 31 anos, mais conhecido como Thundercat, acumula participações em discos de Kamasi Washington, Erykah Badu, Kendrick Lamar (com ele, ganhou um Grammy, de melhor colaboração cantada em música de rap, com “These walls”, que saiu no “To pimp a butterfly” de Lamar, em 2015). E foi integrante do Suicidal Tendencies por quase uma década. Seu terceiro LP, “Drunk”, saiu há quatro dias, une r&b, psicodelia, rock e jazz fusion e tem participações de vários amigos e ídolos: “Show you the way”, uma das melhores músicas, tem como convidados Michael McDonald, que foi integrante de bandas como Steely Dan e Doobie Brothers, e Kenny Loggins (por sinal, parceiro de Michael no hit “What a fool believes”, dos Doobie Brothers). É som do total interesse de quem curte uma mistura musical que pode abarcar Stevie Wonder, Mahavishnu Orchestra, Steely Dan, Todd Rundgren, Prince, Soft Machine. Ouça aí.

Aliás, pega logo o disco todo.