Um youtuber chamado Evan Carmichael fez uma compilação de entrevistas de um dos maiores ídolos aqui da casa, o mestre punk Henry Rollins. A ideia é compilar as dez regras de Rollins para conseguir o sucesso.

O ex-cantor do Black Flag e da Rollins Band entende do assunto: lutou contra o bullying desde a infância e sofreu com o alcoolismo da mãe e as porradas do pai. Estudou numa escola militar e foi saco de pancadas dos colegas mais fortes desde cedo. Nos anos 1980 foi assistir a um show do Black Flag, banda punk que começava a se destacar, e acabou com o microfone na mão. Foi o começo de uma carreira que rendeu discos, livros de poesia, álbuns de recitais, programas de TV e trabalhos como ator e palestrante.

Olha aí.

1) SEJA ENTUSIASMADO: Rollins lembra que boa parte de sua carreira veio da ousadia. Não sabe cantar e quer cantar? Vá lá. Não sabe atuar mas foi convidado para fazer um papel num filme? Vá em frente e prepare-se.

2) TRABALHE DURO: Rollins é humilde: diz que sempre trabalhou muito porque “não fui agraciado com a facilidade do talento”. Afirma que precisa sempre se sentir desafiado e que não se sente 100% confiante, “porque aí você fica de costas e pensa: ‘eu já tenho isso'”, afirma. A ideia é cair dentro de tudo, com intensidade. Também lembra que Greg Ginn, do Black Flag, trabalhava feito um louco, assim como todos da banda.

3) SIGA EM FRENTE. “Eu continuo avançando em frente porque não tenho nada a perder”, contou em uma entrevista. ”

4) APENAS FAÇA. Rollins lembra de ter montado sua própria editora porque percebeu que ninguém iria publicar seus livros, já que ele era um autor desconhecido. Para lançar o primeiro, guardou dinheiro que usaria para comer. Deu certo a ponto de ele fazer uma reimpressão e de a empresa, hoje chamada 2.13.61, publicar atualmente traduções e livros de capa dura.

5) APROVEITE AS CHANCES. Henry não pensou duas vezes quando foi chamado para ser vocalista do Black Flag – após aquela ocasião em que subiu no palco de um show do grupo. Largou o emprego e decidiu que faria o que pudesse para se dar bem no meio da música, até porque a única realidade que ele conhecia era a dos empregos de salário mínimo.

6) COMUNIQUE-SE EMOCIONALMENTE. “Sinto vontade de verdade de me comunicar com um público. Pode até ser por causa da atenção que não recebi quando criança”, confessa. “Tento conseguir o melhor conteúdo, subir no palco e transmitir”. Afirma também que não é mero entretenimento. “Tento deixar algo de mim com o público”, conta.

7) EXPERIMENTE COISAS DIFERENTES. De novo aquela velha história de sempre fazer coisas novas e aumentar o currículo.

8) TOME CONTA DE SI PRÓPRIO. Rollins diz que seu barato é aplicação, disciplina, foco e repetição. Ele já havia falado disso em outras entrevistas e afirmações como essa lhe valeram a fama de “samurai punk”.

9) APRENDA COM O PASSADO. “Gasto mais tempo pensando no futuro, porque o passado já tem todos os seus erros e humilhações”, afirma o cantor. “O futuro tem tudo o que você pode fazer, e o passado já foi determinado. Aprenda com o que já aconteceu e siga em frente”.

10) TENHA PAIXÃO. Para exemplificar isso, Carmichael exibe um show dos anos 1990 de Rollins, cantando Tearing com a Rollins Band.

Pega aí!