O que mais tem no mundo é adaptação de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll. E em vários formatos: livro, animação, filme. A página do site de curiosidades Messy Nessy Chic recentemente desencavou uma preciosidade ligada à história. Uma versão ALTAMENTE PSICODÉLICA, em desenho animado, de Alice, feita pelo soviético Efrem Pruzhansky em 1981.

“Parece que o estilo mais sombrio e viajante da versão soviética está mais próximo do livro original, em oposição à versão family-friendly da Disney”, afirma o site Eurokulture sobre a releitura soviética de Alice no País das Maravilhas.

O mesmo site publicou as impressões de Maria Galperina, blogueira do Read Russia!

“Ao contrário da maioria das outras Alice, adoráveis, doces e meio mimadas, a Alice soviética é ácida, teimosa, malcriada e muito acolhedora para todas as alucinações que o País das Maravilhas tem para oferecer”.

Olha aí o vídeo. Ih, tá sem legendas. Mas dá pra apreciar as imagens.